Siga o observatório nas redes socias!!!

sábado, 20 de setembro de 2014

Aprenda a diferenciar imperador, rei, sultão , xeque e outros

Veja como diferenciar os grandes lideres de diferentes denominações. 

IMPERADOR
Monarca soberano, ou seja, que não responde a uma autoridade maior. O termo foi usado pela primeira vez no Império Romano e depois se espalhou por Europa e América. Hoje, o único imperador do mundo é Akihito, do Japão
REI
Tem os mesmos poderes do imperador, com um bônus: autoridade religiosa. Costuma exercer o cargo pela vida toda e pode governar sozinho (monarquia absolutista) ou com um Parlamento (monarquia constitucional)
SULTÃO
O nome vem do árabe e significa "liderança". Foi usado por egípcios, marroquinos e turco-otomanos, entre outros, para designar governantes soberanos. Hoje, ainda existem sultões em lugares como Malásia e Indonésia
XEQUE
O título significa "ancião" em árabe e é atribuído a quem completa estudos de história, filosofia e cultura islâmicas na faculdade. Nas últimas décadas, seu uso foi ampliado: no golfo Pérsico designa homens influentes e poderosos
PODEROSOS CHEFÕES
Conheça outras categorias de governantes pelo mundo
DITADOR
Líder com autoridade absoluta que chega ao poder legalmente, ou seja, por eleições ou nomeações - como Hitler, em 1933 - ou por golpe de Estado - como Getúlio Vargas, em 1937
PRESIDENTE
É o chefe do poder executivo de um país democrático. Pode ser eleito direta ou indiretamente e comanda o trabalho de ministros, governadores e prefeitos
PRIMEIRO-MINISTRO/ PREMIÊ/CHANCELER
Chefe de governo em países parlamentaristas (o chefe de Estado é simbólico). Exemplo: o Reino Unido tem uma rainha, mas quem manda é o primeiro-ministro.
GRÃO-DUQUE
Título de príncipes soberanos em países como Áustria e Rússia, especialmente a partir de 1500. Pode ser ainda o líder de um grão-ducado - hoje, o único é Luxemburgo, do grão-duque Henri
EMIR
É um título de nobreza islâmico, primeiro ligado a militares e depois a homens poderosos. Cada país usa e um jeito - é até nome próprio! Apenas no Kuwait e no Catar, o emir é o chefe de governo
PAPA
Lidera a igreja católica, é bispo de Roma e comanda o Vaticano, território independente dentro na capital italiana. Ali, o papa manda nas esferas legislativa, executiva e judiciária.
Fonte: Mundoestranho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
O autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.