Siga o observatório nas redes socias!!!

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Um breve resumo sobre a História da Arte Barroca

BARROCO
Originado na Itália no século XVII a arte barroca se expandiu para inúmeros países europeus e chegou ao continente americano por meio dos colonizadores portugueses e espanhóis. As obras barrocas apresentam características que vão à contramão da arte renascentista que expressa o equilíbrio entre o sentimento e a razão ou entre a arte e a ciência; na arte barroca predominam as emoções e não o racionalismo da arte renascentista. O estilo barroco busca conciliar forças antagônicas: bem e mal; Deus e Diabo; céu e terra; pureza e pecado.

Como características gerais podemos perceber que elas buscam expressar o lado emocional sobre o racional; seu propósito é impressionar os sentidos do observador, baseando-se no princípio segundo o qual a fé deveria ser atingida através dos sentidos e da emoção e não apenas pelo raciocínio. Além disso, ela apresenta efeitos decorativos e visuais, através de curvas, contracurvas, colunas retorcidas e o entrelaçamento entre a arquitetura e escultura. 

A pintura barroca apresenta efeitos ilusionistas, dando-nos às vezes a impressão de ver o céu, tal a aparência de profundidade além de contemplar a realidade, abrangendo todas as camadas sociais.
Dentre os pintores barrocos italianos que ganharam destaque por suas obras podemos citar: Caravaggio - o que melhor caracteriza a sua pintura é o modo revolucionário como ele usa a luz, sua obra de destaque é a Vocação de São Mateus. Outro grande nome é o de Andrea Pozzo - realizou grandes composições de perspectiva nas pinturas dos tetos das igrejas barrocas, causando a ilusão de que as paredes e colunas da igreja continuam no teto, e de que este se abre para o céu, de onde santos e anjos convidam os homens para a santidade sua principal obra é a Glória de Santo Inácio.

Dentre os pintores mais representativos, de outros países da Europa, temos: Velázquez ,Rubens e o holandês Rembrandt
As esculturas barrocas apresentam predomínio das linhas curvas, dos drapeados das vestes e do uso do dourado; e os gestos e os rostos das personagens revelam emoções violentas e atingem uma dramaticidade desconhecida no Renascimento. Entre os grandes nomes desse estilo podemos citar a do arquiteto Bernini, algumas de suas obras serviram de elementos decorativos das igrejas, como, por exemplo, o baldaquino e a cadeira de São Pedro, ambos na Basílica de São Pedro, no Vaticano. em seu curriculo está as obras da Praça de São Pedro, Vaticano e o Êxtase de Santa Teresa. 



Referências
História da Arte  visitado em 07 de julho de 2015 às 11:15 minutos





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
O autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.